ACINP incentiva o Programa Aprendiz Legal em Nova Petrópolis

16/03/2017

No objetivo de incentivar a inclusão de jovens no mercado de trabalho e oferecer uma primeira experiência empregatícia, a Associação Comercial e Industrial de Nova Petrópolis - ACINP mantém uma parceria com o Centro de Integração Empresa Escola do Rio Grande do Sul (CIEE-RS), entidade que oferece o programa Aprendiz Legal, iniciativa que prevê a contratação de jovens de 14 a 24 anos em empresas de médio e grande porte, que tenham acima de 7 funcionários.

Em Nova Petrópolis, o programa iniciou em setembro de 2015, contando atualmente com 26 jovens contratados por 12 empresas cotistas do município. O funcionamento do programa prevê contratos com carteira assinada com carga horária de 4 horas diárias, distribuídas em teoria e prática. Os contratos podem ter duração e um ano e meio a dois anos.  A carga horária teórica do contrato é realizada junto ao CIEE e carga horária prática junto à empresa contratante.

A ACINP auxilia na ligação entre o CIEE e jovens do município interessados: basta comparecer à Associação, tendo em mãos CPF, RG e Carteira de Trabalho, e retirar ou preencher ficha específica para inscrição no programa (que também pode ser realizada através do site www.cieers.org.br/ SOU ESTUDANTE/ APRENDIZ). Após a devolução da ficha preenchida, a ACINP faz o encaminhamento dos interessados diretamente ao CIEE, que é responsável pela colocação dos jovens nas empresas interessadas.

O jovem passará por um processo seletivo realizado diretamente pelo CIEE junto a empresa para aprovação e futura contratação. O cadastro poderá ser realizado o ano todo, sendo previstas contratações de acordo com a necessidade das empresas.

Mais informações podem ser encontradas no site do CIEE-RS, ou diretamente no CIEE-RS em Gramado pelos fones (54) 3286 6830/ (54) 9 99540851 ou gramado@cieers.org.br.

 

SOBRE O APRENDIZ LEGAL

O Aprendiz Legal é um programa de formação profissional básica, amparado pela Lei nº 10.097/2000, a Lei da Aprendizagem. Essa proposta tem por objetivo, contribuir com a capacitação de jovens autônomos, capazes de intervir de forma positiva no seu trabalho, na sua vida e na sociedade. Implementado no Rio Grande do Sul desde 2008 pelo CIEE-RS em parceria com a Fundação Roberto Marinho, o programa segue princípios metodológicos fundamentados no desenvolvimento de competências e habilidades para o trabalho.

Durante o processo de aprendizagem, o usuário participa de encontros, troca experiências em grupos, é acompanhado permanentemente pela entidade formadora e empresa, tendo atendimento individualizado e avaliações formativas e processual.

O programa é destinado a adolescentes e jovens com idade entre 14 a 24 anos, regularmente matriculados no Ensino Fundamental ou Médio, ou que tenham concluído o Ensino Médio. Para pessoas com deficiência não há restrição de idade. A inclusão produtiva por meio do aprendizado teórico e prático ocorre de forma remunerada por um período de até 2 anos.

Além disso os usuários do programa e seus familiares (de 1º grau) têm atendimento integral e bem-estar assegurados por meio de ações de Apoio à Saúde e de uma Rede de Benefícios. Para realizar cadastro no programa, os interessados podem realizar cadastro através do site ou procurar a unidade de atendimento do CIEE mais próxima, munidos de: carteira de identidade, CPF, carteira de trabalho, comprovante de residência e de matrícula (se tiver).

Então não esqueça:

- Para adolescentes e jovens com idade superior a 14 anos;

- Regularmente matriculados no Ensino Fundamental ou Médio, ou que tenham concluído o Ensino Médio;

- Possui capacitação teórica (no CIEE-RS) e prática (na empresa);

- Carga horária máxima de 6 horas diárias;

- Vínculo pela Consolidação das Leis de Trabalho, com registro na Carteira de Trabalho e Salário

 

Acesse o Manual do programa Aprendiz Legal e saiba mais ou informe-se através do telefone (51) 3363-1000.

Compartilhe esta notícia:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Em breve